21 de fevereiro de 2010

CATRAPUM!!

Hoje aconteceu aquilo que já era previsível há algum tempo: ela caiu.
Estavam as duas a brincar, eu ausentei-me da sua frente por uns momentos e quando dei conta ela estava na beirinha do cadeirão a tentar apanhar o boneco. Corri para a amparar e antes que chegasse já tinha aterrado de cabeça no chão.
Foram uns 30 ou 40cm de altura e foi como se eu tivesse deixado de ouvir, os relógios tivessem parado, o meu sangue deixou de circular e eu só conseguia ver a sua boca aberta aos gritos mais de susto do que de dor.
Eu tentei tranquilizá-la da mellhor maneira possível e passados uns minutos ela já se ria com o tal boneco.
Eu tremi durante uma hora.

10 comentários:

Marina disse...

Para a próxima já sabes, se a deixares sozinha deixa-a no chão, de lá não passa! Que seja esse o pior. Beijo

karu disse...

TODOS os dias penso nisso. Caramba!

administrador disse...

Estas coisas acabam sempre por acontecer, e nao é nada de mais quando sao assim quedas pequenas.

Ana disse...

as crianças têm q aprender q existem obstáculos p saberem como os contornar. Se houver sempre alguem q, por ex, os ajude a descer do sofá, nunca irão saber fazê-lo sozinho sem receios. Terão sempre medo.
Ok, blá blá.... deves pensar... deixa a sua filha ter mais uns mesinhos e dps conversamos rigth? :) Obviamente q n invalida o susto q apanhaste mas q tb não podemos colocá-los numa redoma de vidro não podemos.
Kisses

sofia disse...

As quedas são das coisas mais assustadoras dos seus dia-a-dia
Que nunca passem disso
Beijinhos

Tica disse...

É normal... irás lidar com isso com a mesma naturalidade com que tens lidado com o resto... Mas se achas que pode cair e tiveres de virar a cara para o lado por uns momentos, deixa-a no chão! Eu quando era bebe, ficava a dormir a sesta numa cama de adulto, acordava e aparecia na cozinha, a minha avó quase que desmaiava!!!! Pensava que eu não ia sair dali, mas os bebes são muito espertinhos, ela contou-me que eu ia ate a beira da cama, agarrava-me aos lençois e descia qual Rapunzel e pronto! Gatinhava ate a cozinha!

Nave disse...

Ainda bem que não foi nada.Nem imagino o susto que sentiste!!!!

Aline disse...

Ainda não passei por isso mas sei que um dia, sentirei o que sentiste. Por muito cuidado que se tenha, é inevitável.

cibele barreto disse...

nossa, que susto! imagino o pânico...
essa é a parte que não queremos reviver...mas faz parte. o importante é que não foi nada grave. beijinho

oitooitenta disse...

a primeira vez custa mais! da próxima, espero que encares com mais leveza e não fiques com os nervos por 1 hora que isso não te faz nada bem.

"quem sou eu para falar", ok, mas sempre me habituei a ver crianças a acontecer-lhes o isto e o aquilo e as "entendidas na materia" explicavam que nao era nada, que a cabeça das crianças é bem rija :D e tal como contaste, a seguir já se estão a rir como se nada fosse.
é o típico "já passou" :)

tens de te mentalizar que vai (e tem) de voltar a acontecer... sabes qdo é que essa aflição e preocupação de mãe passa? :)

nunca