30 de julho de 2010

questões (im)pertinentes?

Ao aproximar-se o primeiro aniversário dela, de vez em quando, há pessoas que me fazem duas perguntas.
Essas perguntas não costumam vir associadas, mas fixo-as por já terem acontecido algumas vezes.

1 - Então quando é que batizam a criança?

2 - Ainda não lhe furaste as orelhas?

Para ambas as perguntas tenho sempre a mesma resposta:
- Isso não é comigo, será um assunto dela.

8 comentários:

Marina disse...

Pensava que já tinhas batizado, parece que vi aqui uma foto dela com um vestido de batizado... Mas se calhar vi mal. Eu adoro ver uma bebé com uns brinquinhos pequeninos, mas por outro lado era incapaz de furar os da minha filhota, acho uma crueldade. Bjs

**SOFIA** disse...

pois viste bem :D
mas foi só para a foto por ser um vestido com quase 60 anos e a minha avó ter aparecido em ambas com um intervalo desses mesmos 60 anos.

ora recorda-te http://redondaquadrada.blogspot.com/2010/02/1951-2010.html

;)

administrador disse...

:-D

até deve dar gozo responder a essas perguntas, eu pelo menos teria todo o prazer em dizer que não o faria.... essas realidades instituidas.....

confesso que acho horroroso ver crianças com brincos, parecem-se sempre com uma árvore de natal....

Maria de Lurdes disse...

Ao ler cada pergunta:

1 - Creeeeeeedo!

2 - Meeeeeeeedo!

Essas perguntas são clássicos, lindo!

Sarah disse...

e não se pode responder mal às pessoas que fazem perguntas desnecessárias!??!?!?
puxaaa
bjs*

Tica disse...

Acho que respondes bem às 2! Cortas logo e pões a questão como ela é...
Furar as orelhas a bebés é horrível (são tão pequeninos para serem furados, LOL)... pessoalmente não acho bonito e depois há cenas que não entendo, isso é normal, mas os teens terem piercings, tatoos e n furos nas orelhas já é um HORROR...
vá-se lá entender este país, LOL

karu disse...

Ainda não me fizeram nem uma nem outra!
E agradeço por isso..
(acho que conhecem o meu mau feitio)

oitooitenta disse...

nunca me passou pela cabeça perguntar-te nenhuma delas...

qto à primeira.... as pessoas nao sabem a tua "posição" ?


(eu como católica tenho pena, mas é assim...)