25 de junho de 2009

Preparação para o Parto

Hoje fiz a minha primeira investida nas aulas pré-parto. Lá fui eu em busca da enfermeira Filomena, que assiste no hospital de Aveiro e na Cliria. Estive meia hora cá fora à espera que a aula terminasse e já fiquei com uma boa ideia do que me espera. No geral acho que gostei, o seu timbre é forte e alto, as minhas "colegas" estavam caladas a ouvir a torrente de informação sobre o parto normal e o instrumentalizado. Eu cá fora também aproveitei para absorver a info... A sua linguagem é bastante aberta e pouco informal, basicamente fala de partos como quem fala da lida da casa, é lixada mas tem que se fazer. O programa está dividido em 6 tópicos e é continuamente iniciado a cada 6 semanas, ou seja, eu vou começar na aula 6 e na aula seguinte vou ouvir a 1. Não me recordo de todos os temas mas fixei que a aula 5 é do parto e a 6 é dos cuidados neo-natais, tais como o banho e amamentar.
Estavam também os pais, sinceramente tenho algumas reservas quanto à sua presença. Acho que na aula dos cuidados neonatais até faz sentido eles lá estarem, mas quanto a saberem puxar e "soprar velinhas" e colocar cenas na mama para ajudar a amamentação já torço o nariz. Estou céptica e confesso que tenho vergonha/pudor em que homens que eu nao conheço me vejam a treinar algo tão pessoal quanto parir. A essas aulas eu não levo o maridão, depois passo-lhe a informação que eu considero necessária. No geral gostei, senti confiança e acredito que é uma boa ponte entre a minha Dra. E. , que só trabalha no particular e a equipa hospitalar. A enfermeira disse logo que trabalha com a minha médica e isso para mim é ouro.
Terça-feira lá estarei de "fato de desporto" para iniciar os treinos!

6 comentários:

martabatista.com disse...

Boa ;)

Acho que a enfermeira Filomena foi a que me fez o registo ctg... é fine sim sra :)
e informa bem o R.P. ! Um pai moderno tem de perceber de tudo :D
***

administrador disse...

é bom quando a pessoa é bastante prática e sem florzinhas de encantar. pessoalmente acho que o futuro papá poderia participar em tudo, conhecimento nao ocupa espaco, e sempre que era uma companhia, lá porque nao é ele que está grávido...

R. disse...

Pessoalmente penso que a presença do Pedro em todas as sessões foi muito importante - até para o marido valorizar aquilo porque passamos! Além disso, em momentos de stress, ele conseguiu lembrar-se das regras e lembrar-mas de forma a que eu não entrasse em pânico!!!

Quanto ao pudor, entendo-te, mas se estiveres com o teu marido, sentir-te-ás mais resguardada do que se fores sozinha (porque as outras mulheres levarão com certeza os pais).

Pensa bem nisso!!!

MarianaS disse...

Ainda bem que gostaste.
Quanto à presença dos maridos, tenho a certeza que é essencial em todas as aulas. Não só porque lhes dá uma perspectiva mais completa de todo o processo, ajudando-os a participarem, como os prepara para nos poderem ajudar nas alturas mais críticas. E nota que uma dessas alturas é precisamente a da amamentação! Foi o meu marido que mais me ajudou na fase mais crítica, acredita, e isto em todos os aspectos, mesmo os mais, enfim, "carnais".
Quanto ao desconforto em estares por lá na presença de outros homens, concordo com a R., se levares o teu maridão sentir-te-ás concerteza mais resguardada - e acredita, ali está toda a gente muito preocupada consigo própria (cada casal), ninguém está muito a observar o próximo, por isso acho que não vais sentir vergonha nenhuma...
Boas aulas!

**SOFIA** disse...

pois eu compreendo e dou-vos razão e estou sempre aberta a experiencias novas. mas também acho que o parto é algo muito cru, coisa de mulher, é o nosso momento, mas sim o meu pilar é o meu gajo e se tenho a certeza de uma coisa é de que ele tem que estar ao meu lado na hora H. nas aulas do parto eu só quero é estar concentrada para ganhar autoconfiança. mas sim, aulas de amamentação e cuidados do pós-parto acho que o pai tem que intervir.

Tica disse...

Sofia faz o que te mandam as tuas amigas, ta?
Chega a hora e não te vais lembrar da matéria, e o papai está lá para ajudar... a cena psicológica é importante. E a info a mais só é bom, nem que seja para te recordar, caso esqueças.