31 de julho de 2013

Sophie, la girafe



Pelo aniversário dele, foi-lhe oferecida esta girafinha icónica, que eu já tinha visto, mas desconhecia ser de 1961. Curiosamente e ao contrário do que seria suposto, o nosso Vasco rejeitou-a nos primeiros contactos, pegava-lhe e logo de seguida atirava-a para longe e corria para nós, ou seja, estava com medo. Fiquei intrigada, porém, rapidamente me apercebi que cá em casa não havia um único boneco de apito, daí a reação dele. No entanto, passados uns dias, já morre de amores pela bicha, percorrendo a casa toda com ela na mão e dando sinal (sonoro!) da sua aproximação. Farta-se de rir com ela, morde-a até aliviar as dores gengivais (nascem-lhe os incisivos superiores, coitado), esconde-a e encontra-a todo feliz.

E pronto, tudo isto para dizer que sim, já percebi a fama da girafita e que sim é um presente mesmo porreiro :D

imagem daqui

5 comentários:

Marta Santos disse...

Obrigada Sofia pela dica!
Nunca tinha ouvido falar nesta girafa ... só espero que a minha Helena goste tanto dela como o Vasco :)ela bem precisa pois tem 4 dentes a nascer ao mesmo tempo.

Aline Rodrigues disse...

O Martim tb teve uma girafa Sofia. A minha mãe ofereceu-lha, pois vive em França. Cá também já começaram a aparecer. A bichinha tem uns 50 anos e é o brinquedo que todos os bebés têm em França.
beijinhos

Patrícia Lencastre disse...

Também foi dos primeiros brinquedos do Manuel e ele adorava. Para além da tradicional também temos uma argola verde com uma sophie que ele adorava.
Agora já se encontra cá, até na Fnac!

Edien disse...

O J. teve uma e brincou imenso com ela., um dia perdeu-se e nunca mais a vimos...Confesso que também eu simpatizava com a girafinha :)

miriam disse...

viva, viva, vasco fofo =))) assim estou mais contentinha!! ;)