19 de março de 2014

No dia do pai

Hoje o meu pensamento está com os pais que perdem manhãs ou têm mesmo uma coisa esquisita chamada Trabalho e que não podem estar nas escolas com os filhos.
Claro que também penso nos filhos que estão sem os pais na escola. Inspira...

"No meu tempo" as coisas eram bem mais simples...

4 comentários:

Anónimo disse...

Por acaso a escola dos meus não promove nada. Trazem o presente para casa e já está mas encontrei ontem uma amiga que me contou que a creche da filha (com 2 anos) pediu aos pais que fossem lá fazer ginástica com as crianças entre as 9h e as 11h30!!!
Mas que empregos têm estas pessoas?
Mafalda

As Maravilhas da Maternidade disse...

Pois é, ou aqueles pais que não podem estar às 16:00 horas na escola, em pleno dia de trabalho! E quando se diz, então e o que se faz aos meninos que não têm o pai cá?, ouve-se "pois, ou a mamã os vem buscar mais cedo ou não vão à escola de todo, ou ficam a olhar!!!"
Vá lá que desta vez dá para chegar atrasado, mas ainda dá para ir...

Está tudo maluco...

Marta disse...

Por aqui uma não tem actividade escolar com o pai (e está bem triste por isso), a mais nova vai ter o pai na escola ao final da tarde. Está numa excitação que não te passa!
Eu sei que é muito complicado mas acho que os pais deviam fazer mesmo um esforço para participar um pouco, os pequeninos adoram e ficam super orgulhosos por ter o pai e o exibir orgulhosamente aos amigos.
Mas para muitos pais é impossível, eu sei. É explicar o melhor que se conseguir e seguir em frente sem culpas.

Anónimo disse...

Os pais têm 4h por trimestre de falta justificada REMUNERADA. Lógico, que isto não significa que possam estar. Na creche da minha passa por estar lá um pouquinho mais cedo 17:30 para receber a prenda. Eu acho que há escolas e creches que vivem na utopia.
tica