5 de novembro de 2014

As mães nunca deveriam ficar doentes


É para ficares comigo e o Vasco todo o dia.


Era tão bom que pudéssemos sempre trabalhar, dar o tudo por tudo sem pensar "ai se calhar isto começa a ser demais" ou "é melhor comer mais uma sandocha de presunto e queijo", mas na verdade nunca se pensa que estamos a chegar ao limite, a mim pelo menos nunca me ocorre... Depois chega o dia em que estamos tão distraídas que pimba, o nosso corpo mostra-nos um cartão vermelho e aí para tudo.
Primeiro veio a febre, assim discreta; depois veio a tosse, ficou mais forte, a febre também não passou, no entanto, a medicação aliviava e eu ficava espetacular novamente e a minha vida seguia mais um bocadinho. Aos 40º de febre caí de para-quedas com os meninos na casa da minha querida mãe, o pai estava fora e a altura não podia ter sido pior, eu já estava tão cansada de tossir e de ter febre que não pude ficar sozinha. Felizmente tive uma escapatória, mas há quem não a tenha, como conseguem?

"Pneumonia, não tenho dúvidas", disse a médica. Não foi bonito, tive vergonha e agora já aprendi, ok.

Ter pneumonia é horrível, não tive forças para nada, só estava deitada, não tinha fome, a medicação é potente mas agora já está tudo melhor. Mesmo estando em repouso em casa começo já a pensar como será o meu regresso, não posso apanhar frio, tenho medo das recaídas que todos me dizem ser terríveis, ainda assim penso naquelas mães que não têm apoio, que não têm opção. As mães nunca deveriam ficar doentes, mesmo que façam asneiras muito grandes, mesmo que queiram dar o tudo por tudo para que a sua família tenha um pouco mais.

Obrigada Mãe.

8 comentários:

Catarina disse...

Ups... penso (e sinto) em tudo que disseste tantas vezes... felizmente tenho-me aguentado. Mas é como dizes, esticamos a corda até para lá do limite. Bem para lá... achamos que conseguimos sempre mais um bocadinho.
Pneumonia não é brincadeira :(! Põe-te boa com calma, sem precipitações.
Apanhamos cada susto...

(adorei o desenho :)...ser mãe também tem destas coisas que nos enchem o coração. E esses miminhos sabem tãaao bem!)

PÊRA IÔ-IÔ disse...

Olá, rápidas melhoras... o desenho é uma vitamina espetacular :)

PÊRA IÔ-IÔ disse...

Olá, rápidas melhoras... o desenho é uma vitamina espetacular :)

Natasha disse...

As melhoras Sofia! Às vezes precisamos de uns "abre-olhos", que custam mas poupam-nos situações mais complicadas mais à frente. Bjnho

sofia disse...

As melhoras Sofia
E deixa-te recuperar devagarinho, com calma e (acima de tudo) juízo
Que mais vale uma mãe a 100% que uma família com "um pouco mais"
(as pneumonias não são brincadeiras, digo-te eu, que o meu pai morrer de uma)
Beijinho

. margarida . disse...

Boas melhoras.
Cumpra escrupulosamente as indicações clinicas.
Oiça o seu corpo.
E ainda bem que também pode contar com uma família fantástica !
As crianças estão bem.
Agora é O seu momento.
Beijiños e vai correr tudo bem.

. margarida .

sof* disse...

muito obrigada pela força!! por aqui o pior já passou e o apetite está a voltar. os momentos de fome são ainda curtos, mas tenho sempre vontade de comer coisas calóricas e com bom paladar.

isto vai ao sítio!

Raquel disse...

Só agora me apercebi que esteve doente! Espero que esteja tudo bem! Beijinhos