22 de setembro de 2011

Uniform Project


Uniform Project Picture Book from Uniform Project on Vimeo.


1 ano, sempre o mesmo vestido, com o objectivo de ajudar crianças desfavorecidas. É por estas e por outras que eu adoraria que a farda, ou uniforme, fosse instituído em Portugal.
No simplificar é que está o ganho. Sem dúvida!

saber mais aqui.

4 comentários:

Maria João disse...

Concordo perfeitamente contigo quanto ao uniforme. Tenho pena que não seja instituído cá.
Quando ao projecto... É uma causa muito nobre e os resultados são giríssimos, mas chamar ao que ela acrescenta ao vestido "acessórios" é um bocadinho understatement, não? Assim é fácil...

**SOFIA** disse...

sim tens razão :D
se nós nas freias usássemos tantos "acessórios" bem que davamos meia volta e éramos recambiados para casa com um aviso :DDD

Tica disse...

Ela leva o Óscar pela quantidade de look's que conseguiu fazer!

Eu adoro a ideia de farda! Os pais nem imaginam o jeitaço que dá.
Eu própria já trabalhei de farda e, era assim:
ao início não gostava, sem a minha personalidade e sempre o mesmo look, mas depois comecei a ver pela positiva, não perdia tempo a escolher a roupa para vestir, não perdia tempo a lavar, passar, dobrar... Deixei de comprar roupa, tornei-me menos consumista. E a minha roupa não se estragava no trabalho.
Agora não uso farda, mas tenho itens que só uso no trabalho, calçado de segurança, o mesmo casaco fluorescente, só levo 3 pares de calças de ganga, e camisas, porque andar nas obras estraga muita roupaaaaaa. E eu não tenho paciência para chegar, despir, descalçar... e vou almoçar estilo pinipon e quem não gosta azarito!

Aline disse...

Também concordo.