26 de março de 2009

Redonda ou Quadrada???

Um dos maiores propósitos deste blog foi eu tentar descobrir se sou uma pessoa Redonda (entenda-se aberta ao conhecimento) ou quadrada (croma). Ultimamente tenho reflectido bastante sobre se ando ou não em êxtase pelo facto de estar grávida, a resposta é "Não". Desde pequena sempre tive a certeza de que um dia seria mãe, assim como a minha e as das minhas amigas, porém, apesar de ter essa certeza, esse não era de todo o meu objectivo de vida. Nunca tracei uma meta do género "antes dos 30 tenho que ter feitos isto e aquilo", claro que os constrangimentos biológicos são um detalhe importante, assim como a maturidade psicológica. Quanto mais velhas mais tolerantes/preparadas, quanto mais velhas mais difícil se torna engravidar e fazer a coisa com poucas preocupações. 
Antes de engravidar nunca tinha tentado que isso acontecesse, portanto não sabia se eu era viável ou não, o que eu sabia era que se não fosse viável não ia certamente embarcar na aventura dos tratamentos e tretas do género. Nessas coisas eu sou prática, se eu já não estou apta a engravidar então não vou forçar a barra, há mais com que me entreter. 
Entretanto engravidei e ao contrário do que já tinha lido e ouvido milhares de vezes, não fiquei possuída pelas hormonas e por isso não me sinto um "ser especial" que vai "viver a viagem mais emocionante da sua vida". Não me sinto nem melhor nem pior do que antes, acho que sou a mesma e isso foi surpreendente! Claro que isto não quer dizer que me estou a borrifar, claro que já tive os meus momentos de dúvidas e preocupações. Será que terei um bebé saudável, serei eu uma mãe às direitas, terei força para arcar com a responsabilidade? Isto assola-me todos os dias, principalmente quando corro para apanhar um comboio (momento de irracionalidade vivido ainda hoje!) ou vejo uma criança totalmente sem modos. 
Com o aproximar do último trimestre começo a pensar nas aulinhas pré-parto. Desde o início que "sei" que não quero ir, primeiro porque não me vejo a fazer parto normal, segundo porque acho que ia ficar mais stressada a tentar chegar a horas a uma aula em pleno verão onde mães saturadas de calor expoem os seus problemas existenciais e se calhar deixam as experiências práticas para os últimos 15min da aula. Resumindo, temo que isso seja uma verdadeira perda de tempo e paciência. Mas interrogo-me se será que vale a pena ir? Os livros e conversas com as amigas não serão suficientes? E a cena do instinto, isso existe, certo?! 

Serei eu Redonda ou Quadrada?

7 comentários:

martabatista.com disse...

por acaso perguntei à dra Elvira na última consulta... ela perguntou-nos onde ia ser o parto e eu disse que em principio era na Cliria...ela disse logo... "então n perca tempo com isso, vai ter uma enfermeira que lhe vai explicar tudo, se for num hospital corre-se o risco da parteira ter mais que uma grávida, às vezes há booms e tanto pode ser só uma como várias e n costumam escalar mais pessoal. se fosse num hospital aconselhava mas assim perca tempo noutras coisas.."
tb lhe perguntámos mais sobre o processo da ida para o local do parto e tal... e ficámos esclarecidos...
podes perguntar-lhe o que ela te aconselha ;)
de qualquer maneira só a partir do 7º mês é que pelos vistos se tem as tais aulas... e há uma enfermeira que as dá no Oita e segundo me pareceu são aulas práticas (no sentido de n haver lamechisses)... n sei é o horário...
ahhh e pra todos os efeitos estamos redondas...lol ;) n te preocupes muito...

beijinhos :)

MarianaS disse...

Se a minha experiência de há um aninho valer alguma coisa, aqui vai:
1. Não criar qualquer expectativa sobre que tipo de parto vai acontecer; isso (quase nunca) depende de nós, se bem que é praticamente pacífica a ideia de que em hospital público é mais provável acontecer parto normal e em hospital particular cesariana;
2. Fiz curso de preparação para o parto e gostei bastante: longe de ser algo de verdadeiramente essencial, é muito útil, sob várias perspectivas. Mais importante é, porém, averiguar a qualidade do curso.
Como tu, tb me senti mto longe daquele limbo maravilhoso que as pessoas descreviam como o famoso "estado de graça". Aliás, à medida que o nosso corpo vai dando sinais, cada vez mais caimos na real! E então, quando o bebé nascer... a recuperação, o dar de mamar... enfim, não puxem por mim...
Bjs e que tudo continue a correr bem!

Anónimo disse...

With havin so much cоntent ԁo you ever гun into any іssues of plagοгiѕm
or coρyright infringement? My website hаs a lοt
of completelу unique content I've either created myself or outsourced but it seems a lot of it is popping it up all over the web without my agreement. Do you know any ways to help prevent content from being ripped off? I'd truly apρreciate it.


Feel free to visit mу weblog: just click the next website

Anónimo disse...

It is perfect tіme to makе some plans for the future and іt is tіmе tο be happy.
I've read this post and if I could I desire to suggest you few interesting things or suggestions. Maybe you could write next articles referring to this article. I want to read even more things about it!

Visit my web-site - please click the following Post

Anónimo disse...

Hеy thеre, I thіnk your sitе might be havіng browser сompatibility issues.
When I looκ at уour blοg in Safari, it lοoκs fine but when opening іn Internеt Explorer, іt has some οѵеrlapping.
I just wanted to giѵе you a quіck
heads up! Othеr then thаt, terrifiс blog!


My blog :: Ernaehrung-fitness.Blogspot.com

Anónimo disse...

Ηi theге this iѕ somewhat of off
topic but I was wanting tο know if blοgs use WҮЅIWΥG editoгs or іf you have
to manuallу code with HTML. I'm starting a blog soon but have no coding know-how so I wanted to get guidance from someone with experience. Any help would be enormously appreciated!

my blog post Silk N Review

Anónimo disse...

Ηi! I've been reading your site for a long time now and finally got the courage to go ahead and give you a shout out from Porter Texas! Just wanted to say keep up the excellent work!

my site ... just click the next website page