28 de março de 2009

Um presente de antigamente


Hoje recebi um presentinho muito tradicional e que tanto eu como os meus irmãos usámos quando fomos recém-nascidos: um cueiro com camisa de cambraia.
Foi a minha avó que o ofereceu e para quem não sabe que coisa é esta, a definição diz-nos que: Cueiro - nome que tradicionalmente designava a faixa de pano, que envolvia os recém-nascidos, da cintura para baixo.
Trata-se de um vestido comprido, que tapa os pés do bebé e que é apertado atrás com fita e botão, a parte traseira é totalmente aberta, assim como a camisa que o compõe, de modo a haver um acesso muito rápido à fralda do pequeno, pode-se complementar o cueiro com uns collants principalmente se for inverno. Pelo que investiguei e me foi dito, as enfermeiras das maternidades gostam muito deste tipo de roupa devido ao facto de serem muito práticas. A ver vamos!
Este cueiro foi comprado na loja Teresa Alecrim nas Amoreiras, é especialista em roupas com um carácter mais tradicional bem como todo o textil-lar. Cá para o norte, e particularmente em Aveiro, não sei onde se pode comprar mas acredito que no comércio tradicional deve haver de certeza.
Fiz uma pequena pesquisa na net sobre este assunto e não encontrei quase nada, reparei é que há alguma confusão sobre o que é afinal o cueiro, pelos vistos há muita gente que pensa que é uma fralda, mas não, é uma túnica para rapazes e raparigas :)
Ficam aqui alguns exemplos de bebés do antigamente para matar a curiosidade.

1 comentário:

R. disse...

A Laurinha tem um que foi oferecido por uma amiga da avó e fica uma graça. Foi esse o fatinho de saída da Maternidade.

No entanto, não posso dizer que seja prático. Os bebés são muito pequninos e tanto pano atrapalha.

Mas vale a pena. É um peça para usar e guardar.

Beijinhos