1 de março de 2009

Os brinquedos do meu tempo...

Já há algum tempo que tenho vindo a pensar na questão dos brinquedos e as crianças de hoje. Muito resumidamente acho que a miudagem de hoje não curte os brinquedos que tem, isto porque desde tenra idade se agarram aos telemóveis, i-pods, magalhães e tangas do género.
No meu tempo é que era! obviamente que estou a ser super atrás ao dizer uma expressão destas, mas o facto é que nos saudosos anos 80 já tínhamos uma grande diversidade de brinquedos disponíveis mas ainda assim saímos para a rua na paz do senhor para brincar até ser noite.
À parte dos briquedos de pilhas que eu e os meus irmão tivemos julgo que posso destacar aqui algus exemplos que certamente irei passar ao meu babe e sobrinhos. São eles os incríveis LEGO e PLAYMOBIL, ainda está lá por casa um saco (já de dimensões reduzidas) com as nossas peças e pequenos bonecos os quais foram usados durante largas horas de brincadeiras a 3. Claro que nós também tinhamos amigos com os quais partilhávamos a nossa pancada pelas montagens.
Juntamente com as casas de LEGO e PLAYMOBIL tínhamos os animais dos bonequinhos, esses animais tanto podíam ser os da quinta como os da selva, o que interessava era que os moradores da cidade tivessem animais. Para complementar a mega cidade LEGO+PLAYMOBIL tínhamos os blocos de madeira coloridos. Fazíamos a "muralha" da cidade bem como um ou outro monumento comemorativo. E assim se passavam tardes que por algum motivo não íamos dar umas voltas de bmx ou saltar ao elástico.
Quando não andávmos de volta das metrópoles jogávamos jogos de tabuleiro entre os quais destaco com grande animação "O Jogo da Glória", este foi totalmente destruído ou dado a alguém com necessidades pela minha avó, recentemente adquiri uma edição igualzinha no Toys R' us e foi lindo :)
Aproveito também para destacar um livrinho singelo e que se se confirmar que terei uma menina irei comprar-lhe alguns, refiro-me aos livros da pequena Anita. Só me lembro de ter tido um, e acho que foi Anita no Zoológico. Este livro já não existe e tenho pena pois tinha uma história curiosa que lhe estava associada. Quando eu e a minha irma eramos pequenas foi-nos oferecido pela Nana (amiga da avó) o dito livro. Eu e a minha irmã gostámos tanto que em 3 tempos já nem capa tinha, pelo que se instalou o pânico quando soubemos que a Nana nos viria visitar numa certa tarde. Vendo o nosso estado a minha mãe, que é uma fofa, comprou-nos um livro igual para sossegar as nossas alminhas perante a vistoria da Nana. E assim foi, a Nana veio e perguntou pelo livro, e lá estava ele impecável e nós safas. Entretanto nós crescemos, a Nana foi para o céu e o livro nunca mais o vimos, é pena.

Ficam agora as imagens daquilo que falo, não são os meus brinquedos, estes são da net, mas quem sabe um dia nao os fotografo e junto a este post :)







4 comentários:

administrador disse...

Os brinquedos reflectem a natural evolução dos tempos. Quanto a mim não acho que os magalhães e afins façam mal, desde que a coisa seja regrada e conjugada com outras actividades como o lego ou a apanhada :-) Apesar que nos tempos que correm acho que seja difícil achar miúdos que brinquem na rua, essa liberdade era fantástica!

Não conheces a colecção formiguinha? eram tão fofos, principalmente pelo seu tamanho super prático
http://portocity.olx.pt/coleccao-formiguinha-iid-17700862

**SOFIA** disse...

Pois se calhar nao me expliquei bem, o problema maior é os garotos acharem que os briquedos são coisas de bebés e o que é fixe sao os i.pods e cenas dos grandes.

A colecção formiguinha é do melhor, claro que conheço. Temos até quase todos os livrinhos e há pouco tempo descobri uma livraria que os vende :)

O meu preferido era o da história do Rapaz do tamanho de um Grão de Bico. Adorava a parte em que ele ia à cidade na orelha do burro :DDD

martabatista.com disse...

a minha irmã como é também Ana(Teresa) teve direito a montes de livros da Anita :) que a minha mãe ainda não deu... e eu tb adorava aqueles livros :) o ABC dos ovinhos... jogos..sim lembro-me do da glória claro... o mikado...os berlindes... tb brincava com os pinipons adorava a banca dos gelados deles lol
e a propósito de nostalgias já pensei em arranjar aquelas séries tipo o tom sawyer e a ana dos cabelos ruivos...faço questão q a prole veja lol

Tica disse...

LEGOS foram, são e serão os meus eleitos de sempre. Como a minha mãe teve-me a mim e ao meu irmão teve a feliz(infeliz!) ideia de comprar brinquedos que dessem para os 2, então fiquei sempre a desejar Barriguitas, Póneis, Barbies e Pinipons! Destes só tive 1 Barbie que rapidamente foi destruída. Compensaram-me com bloquinhos, borrachinhas, lápis, carimbos e afiadeiras Hello Kitty mais tarde.

Os Legos e o Monopólio dos que tive são os meus preferidos. E tem piada nós brincavamos como tu, sof, faziamos uma mega cidade e a população eram todas as familias que davam nas series animadas na altura: todos da disney, tom saywer, vicky o viking, heidi, marco, bichinhos da selva...