24 de novembro de 2010

ECOBola - a minha experiência

imagem daqui

Bem vamos lá então despachar este assunto doméstico!
Lavei a roupa com a ecobola e tal como imaginava, a roupa, que não estava suja (apenas usada), saiu da máquina com aspecto lavado, embora tivessem sobrevivido algumas nódoas (babetes!) que depois tratei delas à mão.
Olho para a bola e lembro-me da história do Rei Vai Nú, quero mesmo acreditar que aquilo é fantástico, mas o factor psicológico do "cheiro a lavado" é forte e está tão entrenhado como uma nódoa de sopa, que o cepticismo é grande. De um modo geral, a roupa ficou com ar lavado, e isso levanta a seguinte questão:
- numa situação de roupa pouco suja, sendo a bola uma tanga, o que fazem os detergentes? claro que têm agentes desengordurantes que funcionam inquestionavelmente, mas será mesmo necessário usá-los?

Acho que podemos reduzir muitíssimo a quantidade de detergente a usar, ou mesmo usá-lo localmente nas zonas mais encardidas. Outro dia exeprimentei lavar roupa branca com duas colheres de sopa de detergente líquido e o resultado foi altamente satisfatório.

****para utilizadores de bimby****

Durante a minha ponderação sobre este drama doméstico, ocorreu-me a seguinte ideia, que pode parecer muito, muito parva, mas e se eu pulverizasse na bimby uma barra de sabão clarim? ou azul-e-branco? ou rosa? Imagino que estes sabões, altamente eficazes, e de composições mais simples (corrijam-me se estiver enganada) poderiam substiuir os detergentes usuais... estarei a ser muito "fora"?!
Não é uma ideia catita?  :D

****nota para quem não domina a linguagem e tecnologia bimby****

pulverizar é uma das funções mais espetaculares desta máquina, ou seja, imaginem um copo cheio de feijão sêco, é duro não é!, se o pulverizarem, a máquina reduz o feijão ao mais fino pó - é lindo! 

6 comentários:

Marina disse...

Acho que mesmo pulverizado não dava para usar o sabão na máquina da roupa, pois faz muita espuma e os detergentes para máquina não é suposto fazerem espuma, mas para lavar à mão parece-me uma óptima ideia. Experimenta e depois conta! ;)

Tica disse...

A ideia parece boa e lógica, para mim o sabão é do melhor... mas coloca pouco, por causa disto da espuma. E relativamente a colocares pouco detergente, a verdade é que a proteste também já fez esse teste e dizem que não adianta colocar muito... Mais vale a qualidade e colocar pouco porque vai dar ao mesmo...

Marta Mourão disse...

Existem detergentes em pó para lavar a roupa à mão, não será a mesma coisa que sabão, mas "triturado"?
Bolas, nunca tinha pensado nessa opção na bimby. Para já, até agora só pus lá comida :))
Outra coisa: a maior parte das pessoas não liga à dosagem recomendada de detergente e põe a mais. Existe dosagem para roupa pouco suja e para roupa encardida. E para a roupa pouco suja, a dosagem é relativamente pequena.
Também há uns detergentes concentrados que se usa ainda menos quantidade. Estou a usar um da skip e ponho uma tampinha muito pequena em cada máquina de roupa.

Pela minha experiência, não há detergentes infalíveis para nódoas de babete. É esfregar à mão com sabão azul e branco ou é dar-lhe com lixívia!

sofia disse...

Pois, o meu cepticismo para com a ecobola tb vai nesse sentido...
E desde que li um teste da proteste aos detergentes liquidos, passei a comprar skip pequeno e poderoso e coloco apenas meia tampa, que chega e sobra!
E para os babetes, só mesmo lixivia
Os cá de casa ficaram todos descolorados, mas era a única coisa compatível com a minha paciência (ou a falta dela)

Anónimo disse...

Só para confimar aquilo de que já se aperceberam sobre as "ecobolas", uma lista de testes feitos por várias associações de consumidores:

http://sopadabola.wordpress.com/testes-2/

Wladimir disse...

É como tudo na vida, se queres algo bom tens de pagar algo mais e saber o que estás a comprar, galinha gorda por pouco dinheiro não existe já dizia minha avó. Comprei uma Ökoball faz 7 anos e durou até ao fim de 2013, sem detergentes e essas tretas, sem amaciadores e essas mariquices. Comprei-a pelo valor de algo como alguns 35 euros em Lisboa no Brio, vi-a durante uns anos e depois deixou de ser lá vista. Sempre me lavou a roupa mesmo as nódoas, mesmo as do vinho. O cheiro que deixava na roupa era neutro mas com subtil cheiro diria muito agradável, cheirava a roupa e era tudo que eu precisava. Lavava aprox. 1 a 3 máquinas por semana. Outra surpresa e boa, deixei graças à Ökoball de ter comichão na pele sempre que lavava a roupa antes com químicos. Portanto, comprem a original feita na Alemanha ou na Suíça e não as reles imitações. Este ano comprei logo duas para não ter problemas em arranjar substituição, portanto devo ter lavagens ecológicas, económicas e agradáveis por mais uns 12 anos.