29 de outubro de 2011

A Abóbora

Dizia o aviso que deveria ser feita uma bruxinha para os meninos brincarem no dia das bruxas, e que o trabalho deveria ser feito com a ajuda da criança. Pois bem, fiquei logo irritada por ser obrigada a pactuar numa festa parola que nada tem a ver connosco, depois tinha que fazer algo que se parecesse com uma bruxa-boneca e que por fim teria que ser ajudada por uma criança de dois anos.
Ainda me lembrei de fazer uma bruxa-fantoche usando uma meia, mas não tinha meias roxas e não me apeteceu fazê-la preta. Decidi então boicotar o pedido e fiz uma abóbora. 
Retalhei um dos 1500 sacos de praia oferecidos por revistas de moda que tinha em casa, felizmente era cor-de-laranja, ou seja, cor-de-abóbora e até tinha riscas e tudo para simular a casca. Sentei-me à mesa, sentei-a ao meu lado, retalhei o saco, ela começou a enervar-se por não poder mexer na tesoura, nem nas agulhas, nem no marcador, desatou a chorar e eu ali a tratar da abóbora que já só me lembrava da cena triste da melancia da outra. O que se revelou uma promissora atividade mãe-filha foi um pesadelo interrompido pelo almoço antecipado.
Durante a sesta dela cosi a abóbora toda à mão, apliquei uns "olhos e boca" vermelhos demoníacos, porque não tinha nada preto para retalhar e aquilo começou a ganhar ares de almofada quando iniciei o enchimento. Entretanto ela acordou da sesta e lá "ajudou" a acabar de fazer a almofadinha e gostou da tarefa vá... 
O resultado foi satisfatório, parece uma abóbora, ficou fofa como uma almofada e já estou a imaginá-la a chegar à creche onde haverão milhares de bruxas e ela será a única com uma abóbora. Pobrezinha.

Anseio pelo dia em que as educadoras da minha filha tenham também os seus filhos e vejam como estas atividades são uma verdadeira seca!

7 comentários:

Aline disse...

O que eu me ri com o teu post. Aposto que a abóbora é bem mais fira do que as bruxas. O Martim tem pavor das bruxas que vê nas montras.

eme de mãe disse...

Eu detesto o halloween, acho parolo, acho feio, acho ridículo... e, mais do que isso, não me posso esquecer que, da idade da Leonor, tinha autêntico pavor a bruxas...

por isso, no meu primeiro halloween pré-maternidade já me ando a perguntar como raio vou lidar com isto nos anos vindouros...

sabes uma coisa? gabo-te a pachorra... eu acho que me limitava a inventar uma desculpa para ela faltar.

sofia disse...

Halloween é coisa que por cá também não entra
E esta "moda" dos TPC's para pais tira-me do sério
Mas sim, aposto que a abóbora foi bem mais fixe que as bruxas ;)

Tica disse...

O que tu tens é TPC´s. Pois a Leo ainda é muito nova para colaborar em actividades e festejar/entender datas. Gabo-te o talento e criatividade, eu aí serei uma nódoa. E tempo? Tirei hoje o dia para não trabalhar e acabei por trabalhar a manhã toda. Na minha altura fazíamos essas actividades na escola com as educadoras e depois mostrávamos os nossos feitos aos pais. Parece-me que a escola da Leo não tem estrutura nem material para isso e toca de recambiar os pais a fazer o que as educadoras foram ensinadas a fazer. Claro que não sou contra os pais fazerem actividades com os filhos, mas TPC's não! Ainda por cima tens sempre pedidos muito pretensiosos! Ou eu pelo menos não atinjo! :D

Madame Pirulitos disse...

Querida Sofia. Vai-te habituando aos tpcs para pais. Quando começam não param mais!

Eu cá não desgosto do Haloween. Nunca o gozei, nunca me mascarei mas acho piada a vê-lo à american way!

E claro que a tua filha vai ser sempre a miúda gira e diferente. Não tem como escapar:):)

**SOFIA** disse...

curiosamente la na creche elas fazem imensas atividades, é aliás uma das grandes vantagem que eu lá reconheço. Têm calendários de actividades semanais e é rara a vez que lá vou e que não haja coisas novas expostas :DD
eu percebo esta ideia da interação pais-filhos-tpc, serve essencialmente para fomentar a ligação de pais que não têm por hábito dedicar-se aos filhos, sim, que esses também os há infelizmente.

a mim não me rala nada fazer estes trabalhitos, desde que façam sentido na minha cabeça, o que claramente não era o caso... :(

Tica disse...

Se calhar deviam era dar TPC´s mais adequados às idades, de modo a que a interacção seja mais real. Já vi ideias tão simples.