5 de dezembro de 2011

Ter dois anos de idade

Outro dia fui buscá-la à creche e disseram-me logo que "ela hoje não dormiu tudo..."
Na verdade se não o tivessem dito eu teria adivinhado, isto porque a criatura veio todo o caminho, a pé, aos prantos, e ajoelhava-se, e corria, e parava, e chorava novamente como se não houvesse amanhã. Foi uma verdadeira via sacra chegar a casa, mas chegámos!
Ter dois anos de idade deve ser espetacular!

Acho que qualquer adulto adoraria, ocasionalmente, ter um ataquinho destes no meio da rua e pensar "QUERO LÁ SABER!"

7 comentários:

Aline Brito Paiva disse...

Verdade :)
eles é que sabem...
mostram Tudo o que sentem, no matter what.
Imagina nós, eh, eh!

Daniela disse...

olá! eu também tenho uma filha com esta idade "cá em casa", pequena e cheia de temperamento e personalidade - para não falar da sua vontade (sempre própria e frequentemente diferente da minha ;) !!!

batata-frita-mãe disse...

Como diria o Mário Cordeiro, estranha será a criança que não faz birras. E que nós, adultos, só não as fazemos tão explicitamente porque amadurecemos uma cena espetacular que se chama auto-controle.
Sim, ter 2 anos deve ser muita bom.

Duchess disse...

Auto-controle e gestão da frustração. Saber gerir a frustração é muito bom. Porque para além das birras vinham os estalos uns aos outros:)

Su disse...

eeheheheh imagino a via sacra :) e estou a imaginar o que me espera por aí... daqui a uns tempos :)

Barbara disse...

Birras caseiras e públicas, uma via sacra sem fim. Meu pequeno de quase 2 que o diga.

cibele barreto disse...

ui...como te entendo!