28 de julho de 2009

:)

Hoje mais um dia normal, fui ao laboratório fazer o tal do Streptococcus B, depois meti na cabeça que gostava comprar uma lente zoom para a minha máquina, fui a algumas lojas, felizmente não encontrei o modelo que queria senão acho que não me tinha segurado e comprava a dita cuja :D
Como não comprei a lente vim para casa e pus-me a inventar com a máquina e com o facto de estar vestida às riscas, nada melhor para acentuar uma rapariga com curvas generosas do que linhas horizontais ;)
À tarde dormi, arrumei as tralhas e fui para o cursinho aprender como lidar com as questões da amamentação. Depois do que ouvi lá e do que as minhas amigas escrevem aqui começo a ficar com mais receio de amamentar do que parir!!
A Leonor mexe qb, ainda o Rui disse hoje que ela deve ter montes de espaço no T0 e que por isso não deve querer vir cá para fora tão cedo.
De resto, doem-me os pés, as ancas e as costas, nada de horrível claro, apenas aquele desconforto levezinho. Sexta-feira consulta.

5 comentários:

MarianaS disse...

Pois minha cara, ainda relativamente à amamentação... a conclusão é mesmo essa, é um desafio bem maior do que o parto!
Acima de tudo, convém saber duas coisas, que provavelmente já não serão novidade:
1. o leite materno é o melhor para o bebé;
2. não existe isso de o leite materno não ser suficiente: é sempre suficiente, o que pode é ser necessário dar de mamar mais vezes!
Na hora H, lembra-te que o mundo inteiro já passou por isso...
Qualquer coisa já sabes que é só apitar´.
Bjs!

R. disse...

Sobretudo é importante não desistir à primeira contrariedade e segurires o teu instinto - na maternidade diziam-me que determinada posição é que era boa para dar de mamar e eu e a Laura não achavamos graça nenhuma à coisa - quando encontrei a nossa posição, tudo ficou bem melhor!

martabatista.com disse...

sim... nada de desistir sem tentar a sério :)

primeiro que tudo vai pondo o purelan todos os dias... se eu tivesse posto mais cedo os mamilos não tinham ficado tão doridos depois da primeira mamada (sim a primeira não custa nada... a segunda é que se fica tipo "ah... afinal são sensíveis mesmo"...lol)

o que vais lendo aqui só te ajuda a estares alerta para o que possa eventualmente surgir... não quer dizer que te aconteça exactamente na mesma, a cena é que como não sabemos nada de nada ao princípio não nos lembramos de prevenir certas coisas, mas logo logo vai tudo ao sítio... como a R. diz só tens de seguir o teu instinto ;)

eu também já experimentei várias posições para dar de mamar e embora esteja a encontrar o jeito vou sempre experimentando novas... uma dica que eu li algures num blog foi a de dar de mamar com o sling... não sei porque não me lembrei logo desta.. ainda não tenho um, mas tenho um pano que enrolei tipo canga à minha volta e ainda há bocado a Helena estava a chorar com crise de sono... pu-la dentro da canga e tchanaaaaan dormiu instantaneamente :) vou mandar-te uma fotos dela que aproveitei logo para tirar - tinha as duas mãos livres!!..lol

**SOFIA** disse...

posso considerar-vos as minhas consultoras :D
pois já viveram na 1ª pessoa estas coisas! keep on***

o sling, essa coisa maravilhosa. eu por acaso não tenho, mas ofereci um ao rui, é só dele, é enorme para mim :D mas claro quando a piquena vier arranjo logo um pseudo-sling para mim ou então mando vir daquele sítio onde eles são tão lindos :)

MarianaS disse...

Tb ouvi maravilhas do sling... o problema é mesmo as costas! Quando experimentei um, percebi logo que não era para mim...