3 de julho de 2009

E assim se vai andando...


Finalmente é sexta-feira juro que se amanhã ainda tivesse que ir trabalhar que não conseguia, estou estafada.
Desde quarta-feira que ando de bus pelo Porto e a coisa melhorou em termos de "ciática horribilis" mas o facto é que a ida de manhã para o trabalho mantém-se tão radical como antes, fazendo o percurso a pé. Tanto hoje, como ontem de manhã, não consegui ir sentada pois era TANTA, TANTA gente no autocarro e eu só tinha que esperar duas paragens até sair, que nem me dei ao trabalho de pedir que me deixassem sentar, claro que cedências nem ouví-las... O resultado é agarrar com firmeza nos varões e esperar que o sr. motorista seja meigo nas travagens e arranques, só é pena que os varões sejam tão nojentos que me vi obrigada a lavar as mãos assim que cheguei ao escritório, lavei DUAS VEZES e depois ainda pus creminho.

A tarde foi looooooonga, o tempo ficou de chuva e o regresso de bus foi, ao contrário de manhã, calmíssimo e arejado. Pensei, vou já enfiar-me no Alfa e chego a casa em três tempos. Tristeza das tristezas foi chegar a campanhã e avisarem que o Alfa estava esgotadíssimo - é a vida meus amigos...

Finalmente cheguei a casa, o maridão foi buscar-me pois os tornozelos estão em batata mode e quando me estiquei no sofá até julguei que era mentira.

3 comentários:

administrador disse...

Por aqui não se carrega uma criança no ventre, mas o espírito é muito semelhante.
Cheguei hoje ao S-bahn e o gajo estava maluco, depois de uma tentativa de ainda ir trabalhar de transportes, lá vim a casa pegar o carro. Ao bom jeito do clima tropical que por cá se faz sentir, lá começou a chuva pouco antes de vir embora, resultado: um trânsito infernal para chegar a casa. Agradeço todos os dias por poder usar os transportes públicos.
Agora que finalmente estou de fim-de-semana só me apetece pegar no cerebro e deixá-lo ali no armário até segunda-feira...
Férias precisam-se!!!

martabatista.com disse...

pois... trata é de ficar quietinha... esforço físico também inclui isso de andar de pé nos autocarros a segurares-te nas curvas... pensa é em pedir a baixa na próxima consulta ;)

ah e tens pedido ao marido para fazer umas massagens? aproveita ;)

bom fim-de-semana :)

Cristina disse...

Essa dor "horribilis" que não te larga!
Tenho imensa pena pena que estejas a ser atacada por essa ciática.
Tu és uma mulher extremamente forte devo dizer! Para além do esforço normal que já fazias só para chegar ao trab. agora ainda o sacrifício de o fazeres grávida e com dores....
Outra pessoa no teu lugar já teria largado o trabalho há muito tempo e metido uma baixa para descançar. Eu não sei se aguentaria.
A Leonor já vai nascer uma mulher de fibra!! :)
Bjs