2 de maio de 2012

Leonor e a arte moderna

Fomos passear a Lisboa, pode-se dizer que "fomos à Terra" numa visita relâmpago onde fomos brindados com chuva nada comum e até algum frio à mistura. Não querendo admitir que estou a deitar os últimos cartuchos de liberdade de circulação, mas se calhar entrando por aí, aproveitámos esta visita para ir ao CCB ver a coleção Berardo. Há muito tempo que já o queria ter feito porque acho o máximo apreciar a reação da minha filha perante objectos descontextualizados e neste caso convertidos em intervenções artísticas. As suas reações não ficaram aquém das minhas espectativas, ela adorou cada momento, vibrou imenso com os objectos, as impressões, fotografias gigantes, filmes, sons e sobretudo a enormidade do espaço envolvente.

"quem fez isto!?!" 

"é um barco muuuuuuito gandee!" 

"é um escorrega, papá?" 

"tá de noite!" 

"no quarto escuro tem uma máquina e um filme!" 

com a bisavó a fazer uma mini-pausa

"Muuuuuitas letras!!!" 

este é o rosto do deslumbramento

rica filha*

4 comentários:

Maria de Lurdes disse...

Os comentários da Leonor são priceless, deve ter sido o máximo!

Smile and Up! disse...

Olá! Passei por aqui e gostei! Deixei-te um miminho no meu blog!

lena disse...

deve ter sido o maximo para ela! Quanta coisa nova.

Tica disse...

Estou maravilhada com as fotos e respectivos comentários. Que lindo. Que sorte têm vocês em ainda desfrutarem destes momentos com a (bi)avó.