18 de maio de 2012

do wc

Por razões desconhecidas, a minha filha, desde que se tornou independente das fraldas, achou por bem prender a tripa durante uns dois ou três dias o que por vezes se traduz em dores de barriga e alguma força extra na hora H. Estava eu num momento desses a fazer-lhe companhia quando me lembrei das aulas de parto e da força e das respirações... Disse-lhe, "filha, respira assim como a mamã! (inspira forte pelo nariz, expira devagarinho pela boca)" repeti duas ou três vezes e ela começou nos treinos. Assunto resolvido passados breves instantes.
Agora anda nisto sempre que vai ao servicinho, nem quero imaginar a cara das educadoras :D

Vale sempre a pena frequentar as aulas pré-parto!

6 comentários:

cibele barreto disse...

hahaha, muito bom! :)

Raquel Alves disse...

Nós cá passamos pelo mesmo problema! Nunca me lembrei da técnica da respiração, mas normalmente peço para ela se concentrar, em vez de se por na converseta (que é o costume...mãe sentada no chão e ela bla, bla, bla...) e 'a coisa dá-se'...

MarianaS disse...

A M. tb passou por isso, em pleno verão, andava aos saltinhos na praia para impedir que o "material" saísse! Com uma simples teoria "não fazes cocó, não jogamos à bola", a coisa passou.
A tua técnica foi mais elegante! :)

Marta disse...

Haha! Muito bom!
Há que ser versátil e aplicar bem os conhecimentos adquiridos :P

sofia costa disse...

eheheh muito bom!!! Que excelente ideia! É muito comum eles ficarem presos quando deixam a fralda :/
Eu como sempre fui presa em pequena e a minha técnica infalível era levar um livro para desfolhar, faço isso também com a Alice. Então daqueles de procurar desenhos pequenos no meio de uma confusão funcionam mesmo bem!

Su disse...

Boa técnica, boa partilha!