3 de agosto de 2012

A alcofa


Gosto muito da nossa alcofa. No início achava que se calhar era dispensável, mas a minha avó fez questão de a oferecer à primeira bisneta, a Leonor, e então não pudemos recusá-la. Desde que entrou na nossa vida, esta cama já percorreu imensos kms, viajando sempre connosco nas deslocações que fazemos entre as diferentes casas de familiares. Olhando assim de relance é um pouco trambolho e os folhos (quase em excesso) não são muito práticos, mas o facto é que não consigo improvisar cama melhor do que esta e que tenha uma utilização diária até aos 5-6 meses. Foi assim com a Leonor, depois passou para o primo Pedro, de seguida passou para a prima Maria João, agora está o Vasco a usá-la e ansiamos saber os nomes dos próximos inquilinos!! Quando me perguntam se este tipo de artigo dá jeito, respondo sempre que "sim", sobretudo se houver uma dúvida entre este tipo de alcofas e aquelas que se montam nos carrinhos, estou em crer que as dos carrinhos não são usadas tanto tempo pois as que já vi são consideravelmente mais pequenas e estreitas.




Esta alcofa foi comprada numa loja que estava a fechar em Campo de Ourique (Lisboa), no entanto, se quiserem ver camas igualmente adoráveis e personalizadas espreitem na loja O Pacote. A-DO-RÁ-VEL!

9 comentários:

Especialmente Gaspas disse...

Muito bonita a tua alcofa. Não tive uma dessas, mas uma do carrinho, que o meu filho usou durante 7 meses.

macacagravaporcima disse...

Adoro a alcofa e o baby (claro!!!), mas o quadro arrebatou-me! maravilhoso!!

Tica disse...

que minorca na alcofa :D já não estou habituada a babys tão pequeninos :d

Aline disse...

As alcofas dão muito jeito porque dormem à vontade e são transportáveis. São camas autênticas que se levam para o sofá, outra casa.... Eu inclusivamente usei alcofa adaptável para carrinho (aliás, era a única que tinha) e ao contrário do ovo, os bebés não transpiram tanto o que é um perigo no verão.
Além disso, também sou apologista das coisas reutilizáveis .
Beijinhos

Catarina disse...

Eu tenho uma do carrinho. Quando estava frávida planeei comprar uma convencional de pano, mas quando compramos o carrinho apanhamos uma promoção que trazia alcofa rebatíeis que serve de ovo para o carro. Inicialmente não gostava muito Por ser uma peça grande e um bocado pesada, mas passei a gostar e tenho-lhe dado imenso uso desde o inicio! E como volta e meia tambem andamos com a casa às costas, tem dado imenso jeito. É pratica e versátil, o único se não é mesmo o peso... A rapariga já tem 6 meses e continua a caber perfeitamente. Tambem temos o ovo normal, mas desde o inicio que acho que fica mais confortável na alcofa.
E para terminar, adorei as fotos! Lindas como sempre ;). Bjs

*Quicas* disse...

os meus 3 minis também dormiram numa alcofa (de verga, cheia de folhinhos e com "capota") até lá não caberem. Acho muito prática, punha dentro do berço de grades. Acho que aconchegava mais naqueles primeiros meses, do que deitá-los logo naquela cama tão grande.

vidasdanossavida disse...

É como a que eu usei quando o meu filho era bebé! Adoro! Só gostava de saber onde comprar novos forros, pois o da minha alcofa já deu o que tinha a dar. Obrigada

Kat... disse...

Sou mãe de primeira viagem, e ter ou não ter uma alcofa é decididamente uma das maiores dúvidas que tenho. Há quem diga maravilhas, há quem diga que um berço mais pequeno é melhor.
Eu confesso que gosto da ideia de alcofa, mas a minha pergunta é: quando a colocou no seu quarto, tinha-a aonde? Em cima de algum suporte especifico? Em cima de algum móvel? No chão?
Obrigada desde já!

sof* disse...

olá Kat... :))

eu sou super adepta da alcofa e esta nossa já serviu de caminha a 5 bebés!
no nosso caso, quando a tínhamos no quarto, junto à cama de casal, ela estava pousada sobre dois cubos/bancos. Convém ser uma superfície estável de modo a que quando o bebé já está maiorzinho (7-8 meses) não se vire :)

no chão nunca pousei, por causa do pó e do frio que pudesse passar para o colchão.

tudo de bom!!