7 de agosto de 2012

Missão para hoje - o fiasco!

Mas porque é que eu insisto em achar que ir ao shopping com um bebé pode ser uma boa ideia?!?!
Saí de casa o mais depressa possível após dar de mamar, carrega carrinho, carrega bebé, carrega bolsa, uma estafa total. Cheguei ao shopping mais perto da minha casa e cometi logo o primeiro erro - estacionei super longe do elevador :SSS
Entrei na primeira loja, abri os meus olhos de falcão em busca daquilo que queria, de acordo com as previsões que me deram, estava obviamente tudo escolhido. Tudo era feio, tudo era gigante, tudo estava super compactado nos cabides para dar espaço às novas coleções. Para tornar o cenário mais espetacular, o rapaz começa a choramingar, acelero o passo numa nova tentativa de encontrar aquilo que pretendia. Saio da loja #1 e dirijo-me ao elevador para ir embora. O rapaz cala-se! Faço uma nova tentativa na loja #2, olhos de falcão, tudo horrível, ele chora, eu saio. Ao chegar ao elevador, ele cala-se novamente. Num acto de masoquismo faço uma terceira tentativa mas rapidamente me rendo às evidências de que é desde o berço que os rapazes são avessos a umas comprinhas, só ficam felizes junto do elevador quando pressentem que a tortura consumista está a terminar.
Vim para casa em menos de 45minutos, sem roupa, cansadíssima e com o objectivo de me dedicar ao comércio electrónico das lojas online.

8 comentários:

Maggie disse...

olá Sofia não quero desanimar-te mas talvez seja melhor repensares as tuas opções, que tal deixá-lo com alguém e ires sozinha? repara que as minhas filhas têm 6 e 5 anos e irem a um shopping é uma tortura, já não choram como o teu bebé mas amuam, embirram e tbém não compro nada! Vou sem elas!

Maggie

chadebergamota disse...

Com uma menina não tenho tido melhor sorte. Revi-me em cada palavra. :)

Marta G. disse...

Sim, é mesmo assim!
A minha fez 1 mês no dia 3 de Agosto e nunca lá fui sozinha com ela...porque é impossível!
Deixá-la para mim não é opção porque precisa de mim para mamar e ainda é muito pequenina.
Soluçao no meu caso:
www.melijoe.com
(Chegou hoje uma caixinha!)
e super saldos em
www.lanidor.com
(Fiz umas compras geniais!)
e arejei!
ONLINE, mas arejei!
;)

Especialmente Gaspas disse...

Compras on-line... comódo, podes ver com calma, paras qd o bebé acorda e muitas lojas dão a opção de devolução e entrega sem custos!!

É o que eu faço... hehe. Com bebés, é assim :)

Ly* disse...

Como te compreendo!
Também fiz algumas tentativas do género quando ainda dava de mamar... fiquei arrependida!
Na altura rendi-me às compras online, mas não é a mesma coisa!
Agora (com uma pequenita de 8 meses) o que faço é: ir sem ela, ou ir com pelo menos mais uma pessoa que a possa entreter :)

Mia disse...

Por cá a solução foi o Sling :)

Maria de Lurdes disse...

Que seca, tens mesmo que te dedicar ao online... Até vai ser terapêutico, principalmente depois deste trauma!

**SOFIA** disse...

obrigada pelas vossas dicas!
realmente amamentar é lindo e tudo o mais, mas é incrível como nos corta a independência. é com facilidade que nos esquecemos destas limitações próprias impostas pelos recém-nascido :)