16 de junho de 2012

Eu sou aquela...






Eu sou aquela que diz que "um dia, quando os meus filhos não precisarem de mim, vou comprar uma casa num monte alentejano". Esta casa que vos mostro é no Montijo, todos já vimos casas iguais a esta, à beira da estrada, daquelas que ao espreitar vemos a telenovela na tv junto à janela da fachada, super pitoresco, super português.
Esta casa foi remodelada pelo arquiteto Paulo Tormenta Pinto e quanto a mim, resulta num bom exercício de como trazer luz a um espaço condenado à treva. Tenho pena de não saber como era a configuração antes das obras, mas gosto imenso do resultado final, e sim, um dia hei-de ter a minha casita anos 30.
Podem ver mais fotografias deste trabalho aqui. Reportagem fotográfica de Fernando e Sérgio Guerra.

4 comentários:

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Filhos e pais, no verdadeiro sentido da palavra precisam sempre uns dos outros :D Por este ponto de vista nunca compras :) Se calhar querias antes dizer: Qd eles fossem independentes ;)

MarianaS disse...

Pena que o sítio parece tão ranhoso... Mesmo a beira da estrada, com a camionagem e as zundapps mesmo ali a passar... E convenhamos, com o devido respeito por quem lá vive, aquela zona dos arredores do Montijo, que conheço razoavelmente, não e, digamos, que glamorosa... :)

**SOFIA** disse...

eu é mais o monte, sem dúvida, mas poderia deslocalizar a casinha. é fofa :)

Aline disse...

Amei!