17 de fevereiro de 2012

20 semanas


Chegámos a meio caminho, vamos lá fazer um balanço da coisa.
Estar grávida a primeira vez não tem nada a ver com estar grávida pela segunda vez. É quase como aquela célebre frase de que "estar vivo é o contrário de estar morto"; Se da outra vez, andava sempre de livrinho na mão a consultar cada semana de evolução, desta vez o livro já tem uma camadinha de pó ali pousado na cabeceira. Se da outra vez ficava preocupada por ter uma vida muito corrida e andar sempre atrás dos comboios, se me enervava pelas horas de espera para consultas e exames, desta vez eu quero é ver a banda passar e há pouco que me tire do sério. Antes também ficava desperta à noite a pensar em doenças, complicações no parto, dores insuportáveis de amamentação e problemas afins, agora tudo me parece secundário e estou confiante nas minhas capacidades de gestão de stress e nas capacidades que o meu próprio corpo me poderá conceder.
Se até aqui é só um mar de pontos positivos, é também verdade que existe um outro lado da moeda. Se antes só havia sentido contrações no dia do parto, desta vez, já senti uma durante esta semana, fruto de algum cansaço físico motivado por uma avalanche de trabalho e sem dúvida pela dedicação que tenho que dar à minha mais velha. Ter uma criança de dois anos e meio para cuidar não é pêra doce, ainda me pede colo, tenho de a retirar da banheira, tenho de a enfiar na cadeira-auto, ajudo-a a calçar-se, vestir-se entre outras banalidades do dia-a-dia, que no fim das contas se traduz num exercício de levantamento de pesos diário. Este é o tipo de coisas para as quais as mães experientes de mais filhos, nos alertam e que nós ainda achamos que "sim, mas também" e depois vai-se a ver e é tudo verdade. Senti uma contração e vou ser mais ponderada agora nesta segunda metade, até porque cada vez vou perder maior mobilidade/agilidade, mas enfim, faz parte e não há como passar efectivamente pelas coisas para lhes darmos o devido valor.

12 comentários:

sofia disse...

:)

Aline Brito Paiva disse...

giras, giras as fotos :)
prós e contras de se ter um bebé quando ainda se tem outro cá fora.
É sempre bom ter esta noção.
A Leonor é um apetite :)

Raquel Alves disse...

Maravilhoso post!!!!!

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

O que dizes é bem verdade!!

Cuidado com os abusos ;)

Marta disse...

É mesmo isso, na primeira gravidez é só mimo!
Tu estás fantástica e as fotos com a Leonor estão lindas.

umademim disse...

e o que ai vem, no inicio ( é um bocadinho caos) mas vivemo-lo com outra segurança :)

The Franglaise disse...

Que palavras tao lindas. Uma amiga minha esta gravida com o secundo filho e esses pensamentos teus sobre a secunda gravidez foram os mesmos que ela me contou. Desejo-te tudo de bom pelas próximas 20 semanas. Beijinhos desde Paris! xx

ps: apareço aqui sempre que tem post novo mas nao custumo deixar comentários (falta de tempo de uma working mum..). Queria dizer que tens um blog muito lindo. Adoro vir ca pra praticar meu Português!

batata-frita-mãe disse...

Sofia Simons, a menina tá cá com um barrigão!
As meninas estão muito bonitas, mãe e filha.

**SOFIA** disse...

Muito obrigada pelas vossas simpáticas palavras ;-)

gigi disse...

Lindas!

Beijinhos*

Su disse...

Que trio maravilhoso. O coração cheio deu um toque amoroso às imagens. Adorei Sofia.
Também sinto muitas diferenças nesta gravidez. O importante é estar tudo bem.

Um beijinho e bom descanso

Li disse...

Ainda bem que leio estas coisas :) Entrámos em treinos para a próxima e temos uma com 25 meses :) Vamos lá ver ! Beijinhos e tudo de bom!