14 de janeiro de 2010

7.0

Se antes este tipo de imagens me impressionava, agora, quando as vejo fico em sofrimento.
A minha vida é perfeita, e são muitas as vezes que eu penso na possibilidade de acontecer algo que desmoronasse o meu mundinho. A minha bebé, o que seria dela, o meu maridão? perguntas que até tenho medo de as pensar. Nós não somos nada perante a natureza. É horrível, não consigo dizer mais.

4 comentários:

administrador disse...

é nestas alturas que mais nos apercebemos o quao afortunados somos e quao pequenos sao os nossos problemas.

sofia disse...

é mesmo....

R. disse...

Compreendo-te tão bem - desde que a Laua nasceu que cada vez que vejo uma criança em sofrimento ou um pai em agonia pela dor da sua criança, sinto um nó na garganta, um aperto no coração tão difícil de explicar...

Não sei se sentes o mesmo, mas quando se é mãe não se é 100% feliz, há sempre esta nuvenzinha negra que volta e meia me faz pensar - e se algo acontece à minha filha?

Tenho dias em que lido melhor com este sentimento, mas tenho outros em que...olha, nem sei!

Aline disse...

Não podia concordar mais contigo. Dói ver todo esse sofrimento.